Foi lançada nesta terça-feira, 15 de Agosto, a primeira pedra para a construção da Centralidade da Açucareira, na província do Bengo. A empreitada estará a cargo da empresa CTCE sob gestão da Imogestin.

Nesta primeira fase está prevista a construção de 212 fogos habitacionais do tipo T3 distribuídos em 11 edifícios de quatro e cinco pisos, bem como 12 unidades comerciais, um posto de polícia, edifícios administrativos e uma escola primária com a capacidade para 600 alunos.

Para além de estacionamento para 389 lugares, arruamentos e espaços verdes urbanos, a urbanização vai contar com uma população estimada em 1. 272 habitantes, numa área de 5 hectares. O prazo da empreitada é de 17 meses.

O Projecto Habitacional prevê ainda a construção de campos polidesportivos, parque infantil, sistemas de rede eléctrica, abastecimento de água, rede de drenagem de águas residuais e de águas pluviais.

Assinaram o auto de consignação da empreitada o Presidente do Conselho de Administração da Imogestin Dr. Rui Cruz e o representante da CTCE em Angola. O acto foi testemunhado por distintas entidades do Bengo, com destaque ao governador provincial, João Bernardo Miranda, vice-governadores e autoridades tradicionais.