Ir para o conteúdo

Arquivo de categoria Notícia

Nota de Informação | Entrega de Equipamentos Sociais

Tomamos conhecimento através das redes sociais que uma das escolas localizadas na Urbanização KK5000 terá sido privatizada a favor do Sr. Manuel Cruz, tendo em conta a coincidência de apelido entre o beneficiário da alegada privatização e o Presidente do Conselho de Administração da Imogestin, situação que não se afigura de modo nenhum inocente, indiciando a existência de objectivos inconfessos por parte dos responsáveis pela divulgação desta informação.

Com vista ao devido esclarecimento da verdade, a Administração da Imogestin informa que as escolas da Urbanização KK5000, bem como os seus jardins-de-infância, foram formalmente entregues ao Governo da Província de Luanda no dia 28 de Janeiro de 2016, conforme cópia do Protocolo disponibilizada no link a seguir, não sendo da responsabilidade da Imogestin o seu destino posterior.

Protocolo de Entrega de Equipamentos Sociais Urbanização KK 5000

Luanda, aos 13 de Dezembro de 2016.
A Administração

LER MAIS

Dedicação à causa pública do PCA da Imogestin distinguida nos Prémios SIRIUS 2016

O PCA da Imogestin, Dr. Rui Cruz, foi distinguido com prémio de Melhor Gestor do Ano na 6ª edição dos Prémios SIRIUS, no passado dia 24, quinta-feira, numa Gala realizada no Hotel Epic Sana, em Luanda.

Tratando-se da distinção mais respeitada do sector empresarial angolano, o prémio é um reconhecimento à liderança e visão empresarial do PCA da Imogestin, na condução de uma empresa que é referência no sector imobiliário nacional que, nos seus 18 anos de actuação, tem estado envolvida em projectos habitacionais imobiliários de grande impacto.

Além de prestigiar e enaltecer as qualidade do gestor da empresa, o Prémio representa também um estímulo para todos os seus trabalhadores, no sentido de fazerem cada vez mais e melhor, sobretudo na grande missão que é levar a bom porto alguns dos projectos imobiliários mais relevantes da nossa história recente.

Presidido pelo Prof. Dr. Manuel Nunes Júnior, o Júri da sexta edição dos Prémios SIRIUS, sublinhou que “O Dr. Rui Cruz é, como pessoa e profissional, por todos respeitado e admirado, constituindo uma boa referência para a classe gestora nacional, seja pela dedicação à causa pública e ao interesse colectivo, seja pela forma criteriosa como exerce as funções que lhe foram cometidas ao longo do assinalável percurso profissional já registado.” Fizeram também parte do Júri o Dr. Henda Inglês, o Dr. José Severino, a Prof. Dr.ª Laurinda Hoygaard, o Dr. Manuel Alves Monteiro e a Dr.ª Vera Daves.

Criado em 2010 por iniciativa da DELOITTE, os Prémios SIRIUS são um galardão que pretende divulgar, a nível nacional, as boas práticas de gestão das empresas, produzindo e disseminando informação relevante sobre a actuação do sector empresarial público e privado, e a forma como as empresas geram riqueza em prol da valorização das comunidades em que se inserem.

LER MAIS

Executivo Avalia Projectos Habitacionais

As comissões Económica e para a Economia Real do Conselho de Ministros, em reunião conjunta realizada no passado dia 27 de Outubro de 2016, apreciaram o Memorando de Sustentabilidade e Financiamento dos Projectos Habitacionais do Estado sob gestão da Imogestin, tendo aprovado o seguinte:

Conclusão dos Projectos Iniciados

Conclusão, até ao final de 2016, de mais de 26 mil habitações nos Projectos Habitacionais do Estado sob gestão da Imogestin já iniciados, conforme a seguinte distribuição:

Província do Bengo

Capari: Número de fogos a entregar: 3.504

Província de Benguela

Baía Farta: Número de fogos a entregar: 1.000
Lobito: Número de fogos a entregar: 2.984
Luhongo: Número de fogos a entregar: 2.000

Província da Huíla

Quilemba: Número de fogos a entregar: 854

Província de Luanda

KM44: Número de fogos a entregar: 1.984
Zango 8.000: Número de fogos a entregar: 8.000
Zango I: Número de fogos a entregar: 2.464

Namibe

5 de Abril: Número de fogos a entregar: 2.000
Praia Amélia: Número de fogos a entregar: 2.000

TOTAL: 26.790

O início da venda das habitações deverá ocorrer a partir do 2º trimestre de 2017, estando dependente da execução das infra-estruturas externas, cuja responsabilidade compete ao Estado, conforme o disposto no art.º 5º do Decreto Presidencial 168/15 de 25 de Agosto. O processo de vendas será realizado em datas a divulgar, com antecedência mínima de 60 dias, nos meios de comunicação social e neste website.

Projectos não Iniciados

A reunião aprovou a nova proposta de construção de habitações nos projectos não iniciados integrados nos Projectos Habitacionais do Estado sob gestão da Imogestin, em virtude da conjuntura financeira do país. Numa primeira fase, até ao ano de 2017, prevê-se a construção de 1.400 habitações, distribuídas pelas seguintes províncias: Bengo, Cuando Cubango, Cuanza Norte, Cunene, Lunda Sul, Malanje e Zaire. O início da construção das 1.400 habitações nessas províncias fica condicionado à apresentação, pela Imogestin, de demonstrações financeiras que permitam a sua execução com recurso a financiamento bancário nacional.

Modalidades de Aquisição

Foi aprovado pelas Comissões Económica e para a Economia Real do Conselho de Ministros o alargamento dos beneficiários do regime de venda sob a forma de propriedade resolúvel, ao grupo de venda ao público livre. Desta forma, o regime de venda sob a forma de propriedade resolúvel abrangerá os funcionários públicos e os candidatos à compra de habitação na modalidade de venda ao público livre. A quota de habitações destinada aos funcionários públicos, poderá ser ampliada para um valor superior a 50% em algumas províncias, em função das suas condições sócio-económicas. Para a venda ao público dirigida, está reservada uma quota de 30% da totalidade das habitações, para os trabalhadores de grandes empresas públicas e privadas, com ajustamentos dos preços de venda e introdução de algumas melhorias nos acabamentos.Na venda ao público dirigida, foi aprovada a prorrogação do prazo de pagamento das habitações para um período máximo de 5 anos, sem encargos financeiros associados, com acesso à habitação após o pagamento de 50% do seu valor.

Actualização das Prestações

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), aprovado em Setembro de 2015, para a actualização das prestações de pagamento das habitações, não será mais aplicado devido ao elevado nível de inflação. De acordo com decisão das Comissões Económica e da Economia Real do Conselho de Ministros, o índice de actualização das prestações será analisado pelos organismos competentes, tendo em conta critérios como o valor da actualização de salários da função pública, o coeficiente de actualização das rendas, em alternativa ao Índice de Preços ao Consumidor.

Regime Jurídico de Propriedade Resolúvel

As comissões Económica e da Economia Real do Conselho de Ministros aprovaram ainda a proposta para a criação de um regime jurídico aplicável à propriedade resolúvel que uniformize o regime existente para os funcionários públicos que adquiriam habitações através do Fundo de Fomento Habitacional, àquele que será aplicável aos promitentes-compradores que tenham comprado habitações nesse regime, através da Imogestin. Esta legislação deverá impedir a transmissão especulativa das habitações à terceiros, antes que seja efectuada a sua escritura e completado o seu pagamento, bem como proteger os interesses patrimoniais do Estado e dos promitentes-compradores, através dos seguros dos imóveis.

LER MAIS
1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445

Parque Regional da Chimalavera

A fauna do parque da Chimalavera, onde se destacam a cabra de leque o macaco da savana e o chacal, deve-se à intensificação da fiscalização levada a cabo em sistema de patrulhamento 24 sobre 24 horas.
LER MAIS
1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445

Imogestin celebra 18 anos com acção solidária

Trabalhadores celebram 18 anos no Orfanato Irmãs Salésias em N’Dalatanto

Ao celebrar 18 anos de existência, em Junho de 2016, um grupo de trabalhadores da empresa decidiu organizar um convívio com as crianças do Orfanato das Irmãs Salésias, numa tarde de muita alegria, partilha e solidariedade que marcou a continuação de uma filosofia organizacional centrada nas pessoas.

Para alguns dos trabalhadores que participaram não foi a primeira vez, mas a celebração dos 18 anos tornou o momento mais especial pois marcou tanto a longevidade da empresa como a própria relação com o orfanato que já dura há mais de 6 anos.

José Costa, coordenador do grupo de trabalhadores solidários, sublinhou que “Trata-se de facto de uma acção continuada que reforça o nosso empenho e compromisso com várias instituições em todas as províncias onde actuamos.

A Imogestin posiciona-se como empresa decidida a contribuir para uma sociedade mais justa onde as empresas fazem parte da comunidade que às acolhe, sendo agente de mudança e transformação como pressuposto do seu crescimento.

LER MAIS
1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445

Prémios Kubikuz 2015

KUBIKUZ 2015-PRÉMIO BIENAL DE HABITAÇÃO SOCIAL

A cerimónia de premiação da primeira edição o Prémio Kubikuz aconteceu no dia 15 de Junho de 2016, no Epic Sana, num evento que marcou os 18 anos de actuação da Imogestin no mercado imobiliário nacional.

A visibilidade que se pretendeu dar aos Prémios Kubikuz 2015 marcou um importante momento de celebração de mais um marco na história da organização e uma afirmação da continuidade de uma actuação social sólida, que destaca a importância da valorização e preservação do conteúdo local.

A primeira edição dos prémios bienais distinguiram os Arqt.º Ilídio Daio e Eng.º António Venâncio, que venceram a categoria de Habitação Social Urbana, sendo que a categoria de Habitação Social Rural foi arrebatada pela dupla composta pelo Arqt.º Ismael Dombe João e pelo Eng.º Angelino Quissonde. Alguns participantes foram, por outro lado, distinguidos com menções honrosas em ambas categorias.

Menções Honrosas

Menção Honrosa Prémio de Habitação Social Urbana

  • 1. Proposta nº 6 Autores: Arqt.º Jaime Mesquita e Eng.º Manuel Caseiro
  • 2. Proposta nº 1 | Autores: Arqt.º Basílio Murta e Eng.º Resende Nsambu

Menção Honrosa Prémio de Habitação Social Rural

  • 1. Proposta F | Autores: Arqt.ª Kahina Miranda Ferreira e Eng.ª Dilma Silva
  • 2. Proposta D: Autores: Fernando Diogo e Eng.º Izequiel Domingos

A cerimónia de premiação, que contou a presença da ministra do Urbanismo e Habitação, Branca do Espírito Santo, visou valorizar os projectos de habitação social que recorrem significativamente a materiais de construção locais e apresentem soluções respeitadoras do ambiente e de sustentabilidade do ponto de vista energético e hídrico.

A actividade, com periodicidade bienal, enquadra-se no programa das celebrações do 18º aniversário da Imogestin, comemorado esta quarta-feira.

LER MAIS
1020x445 1020x445 1020x445 1020x455 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445 1020x445

Imogestin promove campanha de doação de sangue

E se eu precisar de sangue?

Este foi o mote da campanha de doação de sangue realizada pela Imogestin em benefício das crianças do Hospital Pediátrico de Luanda, que contou com a participação de mais de 80 colaboradores da empresa, pais e mães que atenderam ao chamado e digiram-se ao Banco Nacional de Sangue para ajudar a salvar vidas.

Com recurso a posteres, cartazes, e-cards e uma acção de SMS, a campanha apelou ao sentimento de protecção e carinho que caracteriza as relações entre pais e filhos, usando a mensagem: Pai, e se algum dia eu precisar de sangue? Esta é a mensagem da comunicação usada para mobilizar os colaboradores a atenderem ao apelo: Dê sangue, dê vida.

“Esta acção evidenciou o carácter participativo da nossa intervenção social. Estamos presentes na sociedade de que fazemos parte dando um pouco de nós próprios: o nosso sangue”, destacou o porta-voz da Imogestin”, Mário Guerra. “O ideal seria que esta acção contribuísse para que mais pessoas aderissem ao projecto, mesmo que em acções individuais”, acrescentou. Mário Guerra acredita que “uma corrente de solidariedade para com o próximo pode ser criada com pequenos gestos”.

Esta acção minimizou, na altura, as dificuldades enfrentadas pelo Centro Nacional de Sangue. Segundo a organização, “tem sido muito difícil manter o stock de sangue nos hospitais de Luanda, uma deficiência que resulta do número diminuto de dadores”. A gestão do Banco Nacional de Sangue fez saber, durante a doação, que os pacientes ficam, a maior parte das vezes, limitados à doação de familiares directos e que torna limitada a quantidade de sangue em stock e, consequentemente, a indisponibilidade do líquido precioso dar resposta aos casos de emergência.

LER MAIS

Kubikuz 2015 premeia 11 projectos de habitação de baixo custo

Prémio Bienal de Habitação Social Kubikuz 2015

Onze projectos de habitação rural e urbana de baixo custo, com recurso a materiais nacionais e acessíveis aos cidadãos angolanos, serão premiados esta quarta-feira (15), em Luanda, pela imobiliária nacional Imogestin.Segundo uma nota de imprensa chegada na última terça-feira à Angop, a 1ª edição do “Prémio Imogestin de Habitação Social Kubikuz 2015” visa premiar engenheiros e arquitectos que, com recurso a materiais locais, conceberam projectos de habitação rural e urbana acessíveis à maior parte dos cidadãos nacionais.

Os onze projectos a serem premiados serão distribuídos em duas categorias, nomeadamente “Habitação Social Urbana” e “Habitação Social Rural”, que vão distinguir três projectos em cada categoria, avança o documento.

O evento, que contará com a presença da ministra do Urbanismo e Habitação, Branca do Espírito Santo, e funcionários seniores da Imogestin, vai atribuir aos vencedores de cada categoria um prémio de quinze mil dólares (USD 15.000) e um certificado. De acordo com a nota, os autores dos projectos que ficarem em segundo e terceiro lugar, em cada categoria, receberão um certificado de menção honrosa.

Com periodicidade bianual, este prémio resulta da política da Imogestin de valorização de projectos de habitação social que recorram significativamente a recursos locais, que apresentem soluções respeitadoras do ambiente e sejam sustentáveis do ponto de vista energético e hídrico. A iniciativa visa, sobretudo, que o custo de venda seja acessível ao nível de rendimento médio ou baixo da população angolana.

Esta actividade, à semelhança da campanha de doação de sangue realizada pela Imogestin, no dia 11 deste mês, à favor das crianças do Hospital Pediátrico de Luanda, faz parte do programa de celebrações do 18º aniversário da empresa imobiliária, a ser celebrado esta quarta-feira (dia 15 de Junho)

LER MAIS

Começou a comercialização das habitações da Urbanização 4 de Abril-Cabinda

A direcção da Imogestin, na sequência da divulgação do Comunicado anterior, relativo a apresentação das reclamações de cidadãos que, na Província de Luanda pagaram e não receberam habitações.

LER MAIS