Um grupo de trabalhadores da Imogestin foi, na manhã de Terça-feira, 11, ao Centro Nacional de Sangue em Luanda para reforçar stock de sangue da instituição.
Sensibilizada com os apelos das autoridades de saúde, face à escassez de sangue no país, a Imogestin disse sim à solicitação, tendo enquadrado a campanha nas actividades que visam assinalar os seus 21 anos.

Dados apontam que a escassez de sangue para transfusões é um problema gravíssimo no nosso país. Angola precisa no mínimo de 300 mil dadores regulares. Os dados referem ainda que nem metade dessa meta tem sido atingida.

Com este gesto a Imogestin pretende reforçar o seu compromisso social presente nos Valores que a identificam, nomeadamente o empenho na responsabilidade e solidariedade social.