No âmbito das actividades que visam comemorar os 19 anos, a Imogestin dou ao Internato Beata Liduína das Irmãs Salésias em N’Dalatando diversos donativos como roupa usada, materiais escolares, bens alimentares não perecíveis, produtos de limpeza e higiene, bem como utensílios de cozinha.

O acto que teve lugar na segunda-feira, 22, foi testemunhado pela directora provincial do MINARS Victória Braga dos Santos que em nome do Governo angolano apreciou positivamente o gesto, tendo incentivado a continuação destas actividades que contribuem para o bem-estar das crianças do centro. Victória dos Santos apelou, ainda, a outras organizações a adoptarem acções que beneficiem as comunidades ao redor.

A Directora do Internato, Amélia Albino, sublinhou o lado humano da iniciativa. A acção, na visão da irmã Belita, como é mais conhecida, “ mostra que afinal somos irmãos e pertencemos a mesma sociedade e a Imogestin teve a sensibilidade de manifestar este gesto para estar mais próxima das crianças”, agradeceu.

Esta é a segunda vez que a Imogestin procede a entrega de donativos ao Internato Beata Liduína, sendo que primeira ocorreu no ano passado. Trata-se de uma acção que se incorpora no quadro da responsabilidade social da empresa, inerente aos seus valores que fazem parte da sua identidade.

O Internato Beata Liduína, pertencente à congregação das Irmãs de São Francisco de Sales em N´dalatando, foi fundado aos 24 de Fevereiro 2004 pela “Irmã” Francisca Martins, de nacionalidade italiana. O centro tem como objectivo social a formação integral das crianças do sexo feminino com idades compreendidas entre os cinco aos 17 anos e jovens até aos 20.

O Internato, que alberga 40 meninas, visa, igualmente, uma formação que garanta a inserção das meninas na sociedade para ajudar no desenvolvimento da nossa província e não só. Para além da formação académica as meninas aprendem, também, o corte e confecção, a culinária, a lavar e a engomar.