Foi lançada, na quarta-feira 31 de Maio, a primeira pedra para a construção do Projecto Habitacional de M’Banza Congo, na província do Zaire. O início da empreitada foi marcado pela assinatura do auto de consignação entre a Imogestin como empresa gestora e a empresa construtora Omatapalo.

O Plano urbanístico do projecto prevê duas fases. Na primeira serão construídas 200 unidades habitacionais distribuídas por 13 edifícios com 4 pisos com apartamentos do tipo T3.

A área para a edificação da primeira fase do Projecto é de 3, 6 hectares, sendo que o prazo de conclusão é de 12 meses.

O Projecto Habitacional de M’Banza Congo, nesta primeira fase, vai contar com oito unidades comerciais. Contudo, nesta etapa está prevista a construção de equipamentos sociais, pois dentro dos limites da área de intervenção já existe uma escola e um hospital.

Ao todo o plano urbanístico do Projecto Habitacional de M’Banza Congo prevê a construção de 1.000 unidades habitacionais, enquadradas nos 26 hectares de superfície, no bairro 11 de Novembro na antiga pista de aviação da cidade.

Estão previstas, igualmente, a construção de equipamentos sociais como creches, escola primária, escola secundária, um centro comunitário, um centro de saúde, um posto de polícia, um posto de bombeiro, um edifício administrativo, parques urbanos e um conjunto de lotes para iniciativa privada.

Para além de outras individualidades, o acto do lançamento da primeira pedra foi assinalado pela presença do governador provincial do Zaire José Joanes André e pelo Presidente do Conselho de Administração da Imogestin, Rui Cruz.